OS TRÊS TIPOS DE TENTAÇÃO
25/07/2020 13:16 em Palavra de Fé
Apóstolo Marques
 
Descrição: A queda do homem
 
Os três tipos de tentação 
 
Satanás desde o início dos tempos, age tentando ao homem para sua destruição, através de três formas de tentação:
 
• A concupiscência da carne;
• A cobiça dos olhos;
• A soberba da Vida;
 
A concupiscência da carne.
 
Você vai aprender neste tópico, como o mal trabalha e que devemos estar firmados na palavra assim como Jesus estava, para não ceder ao diabo quando vier as tentações. 
 
Em Gênesis 3:6, temos claro um exemplo no Éden, que Eva desejou o fruto, ela viu que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e boa para dar entendimento e cedeu a essa tentação, se esquecendo do que Deus havia lhe ordenado! 
 
Gênesis 3:6
E viu a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento; tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela. 
 
O problema não é a tentação, mas sim ceder à tentação e cair, todos nós passamos por tentações, esse desejo desenfreado, que é a concupiscência da carne, e que nos leva ao erro, a pecar. 
 
Jesus em sua humanidade também foi tentado por satanás, mas ele não o cedeu, reagiu e revidou com a Palavra de Deus que estava dentro dele. 
 
Satanás o levou a ver do monte mais alto tudo o que ele podia possuir, a cobiça dos olhos, e ainda usou a Palavra de Deus para tentar o convencer, mas ele sendo a própria palavra fez uso dela para vencê-lo, para cada argumento de satanás ele aplicou aquilo a palavra!
 
Outro exemplo foi Davi, ele foi um homem segundo o coração de Deus, mas também caiu, ele prendeu os olhos em Betsabá, e caiu com ela.
 
“A Bíblia é o livro mais honesto da face da terra, nela estão escritos as glórias e as quedas de todos homens, Deus não escondeu isso de nós para mostrar-nos que perfeito é somente ele e que temos que depender apenas dele”
 
Eva cedeu e caiu, Adão estava com ela e cedeu também. Adão não exerceu o papel de homem, não assumiu o papel de autoridade espiritual que estava sobre Ele deveria ter dito.... Você não vai fazer isso pois a responsabilidade de cuidar e guardar o jardim é minha e eu tenho a missão de te proteger, então você não vai comer o fruto, a sua omissão levou-os a queda, e a consequência de tudo isso foi a raça humana afastada de Deus.
 
A cobiça dos olhos.
 
O fruto era agradável aos olhos, aqui se deu a cobiça dos olhos, ele prendeu o olhar, não deveria ter feito isso, foi uma sedução fatal, resultando na queda.
 
O mesmo aconteceu com Davi, ele também caiu quando ele prendeu os olhos em Betsabá, após prender os olhos passou a desejá-la sem ter a consciência das consequências que viriam depois disso, quantos fazem o mesmo hoje!
 
Satanás tentou fazer o mesmo com Jesus, mas não teve êxito. Quando Jesus estava no deserto (Mateus 4:1), o diabo o tentou com a cobiça dos olhos mostrando a Ele todos os reinos do mundo e seu esplendor (Mateus 4:8), mas Jesus rebateu a oferta de satanás com a Palavra de Deus e venceu a tentação deixando-nos o exemplo de como vencermos.
 
A soberba da Vida.
 
A Bíblia diz: “O meu povo sofre por falta de conhecimento” Oseias 4:6.
 
Adquirir conhecimento é bom, porém só conhecimento sem o caráter de Deus, é muito perigoso. É muito bom buscarmos conhecimento das coisas de Deus para uma vida abençoada e para poder ajudar o próximo é benção! 
 
Porem além do conhecimento, da sabedoria precisamos ter o fruto de um espirito recriado, pois quando agregamos isso vivemos com misericórdia com aqueles que não tiveram o conhecimento ainda.
 
O saber mais que outro deve ser benção na vida do outro e não o motivo de nos aproveitar do outro. É perigoso uma pessoa com conhecimento, porém sem amor e misericórdia, pois se não tiver amor será uma pessoa arrogante que muitos não o suportarão.
 
O Apóstolo Paulo diz que, “O dom sem o fruto é a mesma coisa que nada” se não tivermos a natureza de Deus (amor) é perigoso o conhecimento. 
 
Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor... nada seria. 1 Coríntios 13:1,2
 
Aprendemos aqui os passos para a queda, diante disso devemos vigiar os nossos comportamentos para não sermos levados a destruição.
 
 
COMENTÁRIOS
App Vivendo em Graça